FANDOM


Na terça-feira, terminou mais um ciclo em The Walking Dead aqui no Brasil. O último episódio da terceira temporada, “Bem vindo à tumba”, foi exibido na FOX às 22:30 na série.

Foi um bom final para a temporada. E um final no qual Rick e seu grupo não precisou ser expulso da localidade onde estava. Pois na primeira ocorreram os eventos do CDC, na segunda a Fazenda Greene...

E tudo levava a crer que o mesmo iria acontecer nesta temporada. Philip Blake e seus homens invadiram A Prisão, e se os quadrinhos fossem levados em conta, teríamos um final angustiante para o grupo de Rick, que seria massacrado. Apenas 10 pessoas sobreviveriam.

Só que o grupo dos sobreviventes, na Prisão, já era pequeno, tinha exatamente 10 pessoas (12 se incluíssemos o Merle e a Andrea no grupo).

O que se sucedeu foi totalmente o oposto dos quadrinhos. Com um grupo pequeno, Rick conseguiu fazer recuar o exército do Governador usando estratégia. 22 soldados de Woodbury foram levados à morte, mortos por seu próprio líder insano.

O problema é que Philip ainda está vivo, e nada aconteceu a ele. E o que isso significará? Nos quadrinhos, o Governador foi morto por um de seus próprios soldados, horrorizado com o que ele fez com Lori e Judith. Mas na série ele, Shupert e Martinez continuam vivos.

A boa notícia é que eles são os únicos moradores de Woodbury agora. Mas o que irá acontecer, na quarta temporada? Talvez, o Governador atacaria a Prisão novamente, com novos tipos de homens, e o grupo ficaria novamente reduzido.

Por falar no grupo de Rick, várias coisas mudaram a partir do season finale. Agora são 27 pessoas, embora a maioria sejam mulheres e crianças. Além disso, haverá espaço para três personagens: Beth, Tyreese e Sasha serão efetivados ao elenco principal. E Laurie Holden não estará mais presente, pelo menos não viva (nem zumbificada).

E no que isso muda na série? Não consigo prever no que efetivar Beth ao elenco principal acrescentaria , mas sempre podemos ser surpreendidos. Outra coisa é a morte de Andrea. Um personagem de extrema importância nos quadrinhos (e que não morreu até os dias de hoje!). No entanto, foi decidido descartá-la, assim como fizeram com Dale, outro personagem de grande importância nos quadrinhos. Assim, não existirá um envolvimento entre ela e Rick, como aconteceu, ou pode acontecer ainda, nos quadrinhos. Muita história se foi, e não poderá mais ser contada, graças à morte da personagem.

Outra coisa que me intriga é a inclusão de Tyreese no grupo de Rick. Nos quadrinhos, o homem era o braço direito do policial. Será que isto se repetirá na série? Na HQ, Tyreese foi decapitado pelo Governador no segundo ataque à Prisão. Mas, com a permanência dele na série, talvez Daryl perca espaço na série, o que sem dúvida não seria uma boa coisa a se fazer, pois provavelmente não agradaria o público, já acostumado com a postura do irmão mais novo de Merle.

E ainda, rolam boatos de um novo personagem, Roy Stark, que seria um homem carismático e bem-humorado. Seria uma referência ao Homem de Ferro, o famoso Anthony Stark?

Também não podemos nos esquecer de Carl. No último episódio até agora ele matou a sangue frio uma pessoa. Será que isso terá consequências para seu futuro? Esta questão provavelmente será explorada mais a fundo na 4° Temporada.

E é claro, com dois dos soldados de Woodbury, o Governador a solta e o ator que o interpreta retornando a série, não é difícil prever que ele tentará se vingar do grupo de Rick. A pergunta é, como ele fará isso, com apenas dois soldados? Irá recrutar novos homens para seu exército, em dias apocalípticos?

Pelo visto a saga da Prisão contra Woodbury irá continuar, e que a 4° Temporada seja muito mais abrangente do que a terceira (como foi dito pelos produtores), conseguindo fazer com que o telespectador não sinta que a história está repetitiva.

Talvez vejamos o primeiro episódio partindo logo de onde o S3x16 parou, agora mostrando a dificuldade de Rick e seu grupo em lidarem com os remanescentes de Woodbury, e talvez Tyreese seja o cara que faça a ponte entre os sobreviventes de Woodbury e o pessoal de Rick. Paralelamente a isto, seriam exibidas cenas isoladas mostrando o Governador tentando reerguer um exército.

Depois que essa ligação for feita, quando os dois grupos tiverem possibilidade de se socializarem e agirem como um só, o mind season pode ser encerrado. Quando os episódios retornassem, em fevereiro de 2014, a situação ficaria muito pior. Uma catástrofe se abateria sobre os membros da prisão, e os obrigariam a abandoná-la, para que uma quinta temporada não fosse demasiadamente repetente.

Mas que tipo de catástrofe? Uma nova invasão do Governador à Prisão? É uma possibilidade. E nesse evento, veríamos realmente Rick enfrentando uma grande ameaça, onde uma grande quantidade de mortes acontecesse, não só do exército do Governador, mas sim do pessoal do Rick. Hershel, Beth, Carol e Tyreese são algumas possibilidades. E é claro, a temporada se encerraria com Philip Blake sendo assassinado – uma morte causada pelos zumbis seria previsível demais.

E depois disso a cena final da temporada mostraria a Zona Segura de Alexandria, introduzindo um novo lugar para os sobreviventes do ataque.

É claro que a maioria das informações acima é pura especulação. Mas há chances de acontecer, é claro. E sempre há chances de sermos surpreendidos. Agora, episódios novos, só em outubro, infelizmente. Fight the Dead!

Enormossauro Supremo (discussão) 07h11min de 6 de abril de 2013 (UTC)

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.