FANDOM


No One's Gone (em português: Ninguém Se Vai) é o quadragésimo quinto episódio da série Fear the Walking Dead, sendo o oitavo episódio da 4ª Temporada. Sua exibição ocorreu em 10 de junho de 2018 na AMC, encerrando a primeira parte da temporada.

Sinopse

Madison luta para preservar a vida que ela trabalhou tão difícil de construir; Morgan tenta fazer o que é certo.

Grandes Eventos

  • Ao chegarem no estádio, Naomi e Morgan decidem entrar na enfermaria atrás de equipamentos médios para John.
  • Alicia, Strand e Luciana chegam ao estádio em busca de vingança.
  • Um tiroteio é formado entre Althea e o grupo de Alicia.
  • John pede para que Charlie lhe filme para fazer uma despedida.
  • Naomi e Morgan chegam a enfermaria mas ficam presos após uma explosão feita por Luciana.
  • Alicia e Althea tem um combate corpo à corpo.
  • Alicia descobre que Althea conheceu Madison meses antes.
  • Naomi consegue salvar John e revela seu verdadeiro nome que é June.
  • É revelado que todos os moradores do estádio morreram na invasão de caminhantes feita por Ennis.
  • É revelado que Madison se sacrificou para salvar a vida de seus filhos e amigos.
  • Ocorre a morte e última aparição de Madison Clark.

Enredo

O episódio começa em um flashback de uma noite em que Madison se encontra perdida na floresta. Ela encontra uma mulher de costas em pé diante de uma fogueira e a rende com uma arma exigindo a chave de seu veículo. A mulher revela-se ser Althea, e diz que não irá dá a chave e Madison diz que irá pegar o automóvel uma vez que não tem mais nada a perder, já que perdeu tudo o que tinha. Madison consegue algemar Al e a coloca dentro de sua van blindada da SWAT exigindo as chaves, mas a jornalista continua a negá-las. Madison então começa a vasculhar o automóvel e encontra várias fitas pretendendo levá-las, mas Al propõe um acordo: a história de Madison pelas chaves. A ex-conselheira se recusa a falar algo sobre si e diz que precisa das chaves pois há pessoas que ela precisa encontrar. Althea consegue se libertar de suas amarras e luta com Madison, onde Al acaba inconsciente.

Madison consegue fugir em um carro com as fitas de Althea e pára as margens de um rio. Ela assiste os depoimentos de alguns sobreviventes que escaparam do diluível causado pela explosão da Barragem Gonzales. Ela procura alguma fita de Nick e Alicia, mas não encontra nada. De repente, Althea chega armada até o carro onde Madison está e pede suas fitas de volta, exigindo também que a ex-conselheira lhe diga sua história e por quem ela está procurando. Al decide cooperar e conta sua história para Madison. Ela fala que morava no inicio do surto em um pequeno vilarejo que era comandado por um militar denominado Twisted Round. Ele ameaçava as pessoas por água e comida, garantindo que seu exercito iria protegê-los. Um dia, quando souberam que o exercito não iria vir protegê-los, o povo se revoltou contra o militar e o derrubou do poder. Althea fala que sua história não iria importar para alguém, mas a de Madison poderia ser útil um dia e com isso a ex-conselheira decide contar sua história. Madison então conta que falhou em sua promessa de manter um lugar seguro para seus filhos, algo que ela não conseguiu cumprir desde Los Angeles, passando pelo México até de volta a fronteira. Madison diz que só queria um lugar seguro para que seus filhos continuassem sendo pessoas normais sem a necessidade de serem pessoas perigosas.

Durante a entrevista, Althea pergunta se Madison tinha alguma lembrança de seus filhos, e a mulher sem mencionar seu nome ou os de seus filhos conta a história de um verão que passou com eles em uma casa nas montanhas da Califórnia. Certa manhã, um pássaro se chocou contra uma das janelas da casa e Nick com Alicia decidiram cuidar da ave ferida. As crianças deram o nome ao pássaro de Wilhemina, chamando-o também de Amina e o colocaram numa caixa de sapato. A mulher fala que as crianças caçavam moscas e minhocas para alimentá-lo. Madison conta que Nick era muito sensível e Alicia estava esperançosa de que o pássaro ia melhorar até que um dia eles encontram a ave voando pelo corredor da casa. A mulher diz que seus filhos deram uma chance ao animal quando ninguém mais dava e que não desistiram de salvá-lo pelo fato de que nem tudo está perdido. Isso fez com que Madison eventualmente, durante o apocalipse, lutasse por um lugar para que seus filhos continuassem sendo os mesmos de quando eram crianças.

Depois de conhecer um pouco da história de Madison, Al decide liberá-la e também pergunta como a mulher ficou sozinha. Madison diz que já fazia duas semanas desde que se perdeu de seu grupo, revelando que separou-se deles após uma invasão de caminhantes em uma loja de conveniências em El Paso, cidade-fronteira com o México. Al dá uma caixa cheia de sopa em pote para a mulher como também uma arma, desejando que ela encontre seus filhos e que um dia possam se encontrar de novo. Mais tarde, percorrendo uma cidade deserta, Madison encontra o carro de seu grupo e logo depois o encontra num pequeno hotel. Após o reencontro, Madison leva seus filhos, junto com Strand e Luciana para mostrar-lhes o que achou durante sua jornada pelo Texas em busca deles: um estádio de beisebol na cidade de Austin. Ela fala que alguém (referindo-se à Althea) lhe ajudou quando não precisava e que agora é a vez deles ajudar quem precisa dando-lhe abrigo no estádio quando eles o fortalecer.


No presente, depois de entrarem no estádio, o carro blindado de Al fica rodeado de caminhantes queimados. Naomi enquanto cuida de John baleado diz que precisa retirar a bala o mais rápido possível e que é preciso ela entrar na enfermaria para pegar os equipamentos necessários. Morgan pergunta se é possível Althea matar os caminhantes da área onde está a enfermaria com artilharia pesada e ela diz que sim, e Althea também pede para que Charlie segure sua câmera para filmar toda aquela situação. Após massacrar os caminhantes, Naomi e Morgan correm até a enfermaria e ao passarem pela porta uma explosão ocorre. Althea chama Morgan e Naomi pelo rádio, perguntando se eles estão bem no qual o homem responde que sim. Charlie avista uma coisa e chama Al para vê algo, logo é revelado que a explosão foi causada por Alicia que havia chegado no estádio com Strand e Luciana com o intuito de matar Naomi e Charlie. O grupo de Alicia começa um tiroteio contra a van blindada, e durante esse caos, John começa a sangrar ainda mais, onde, Althea aflita, se comunica com Naomi. A enfermeira pede para que seja pressionado a ferida do homem para evitar a morte por hemorragia e que fará de tudo para chegar a tempo. John fragilizado, pede para Charlie lhe filme e começa a fazer seu discurso de despedida para Naomi caso viesse a morrer, ele pede para que ela pare de fugir das pessoas e aconselha Morgan a fazer o mesmo.

De repente, um míssil disparado por Luciana atinge o carro blindado danificando a porta do automóvel. Alicia aparece armada, rende Al e pega Charlie como refém. A jovem Clark exige que Al mande Naomi sair da enfermaria, caso não, mataria Charlie já que a menina matou seu irmão. Al se comunica por rádio com Morgan e Naomi pedindo para que eles saiam, mas John consegue ligar outro rádio para que os dois escutem que Alicia os tem de reféns. Strand e Luciana que estavam esperando Naomi sair para atirar nela, percebem que a mulher não tinha saído, e comunica Alicia, que percebe o outro rádio ligado por John. Althea luta contra a jovem Clark, e entre tapas e socos Alicia ganha vantagem e tenta jogar a jornalista para fora do carro para que ela fosse morta pelos caminhantes que se aproximavam cada vez mais. Enquanto isso, Morgan decide sair da enfermaria já que não era ele que o grupo oposto queria matar, ele pede para que Naomi fique com o rádio e diga o que ele precisa fazer para manter John vivo. Durante a luta, Al consegue se livrar de Alicia e as duas acabam se chocando com várias caixas de sopa em potes. Alicia pergunta onde Althea encontrou aquelas caixas e a mulher diz que encontrou em um caminhão na estrada para Oklahom; ela também fala que usava como moeda de troca para entrevistas. A jovem Clark então se lembra de algo e vasculha a caixa de fitas da Althea e encontra uma fita chamada "Amina", a fita de Madison.

Após assistir a fita de sua mãe, Alicia permanece abalada e Al revela que Madison nunca mencionou seu nome e os nomes de seus filhos na entrevista. A jovem Clark não desiste de sua vingança, e vai até a enfermaria e confronta Naomi, mas Morgan tenta evitar que a moça mate a mulher. Naomi tenta se explicar, dizendo que Alicia não entende o motivo pelo qual se juntou aos Abutres mas a jovem não quer suas explicações revelando que por causa dela Madison está morta. A enfermeira diz que não reconhece mais Alicia, e a jovem cega por sua vingança diz que a antiga Alicia não existe mais, mas Morgan tenta persuadi-la dizendo que ela pode voltar a ser como antes. Morgan então fica em frente a arma de Alicia e diz que alguém lhe falou uma vez que ele iria encontrar pessoas perigosas sempre e que isso era inevitável, falando também que atravessou a metade do pais para prová-lo que ele estava errado, que por fim das contas, ele não estava. Ele diz para a jovem que não era isso que certamente Madison queria para ela, que certamente Nick também não queria para ela, viver matando como também viver em violência. Alicia começa a chorar pelas palavras de conforto de Morgan e desiste de matar Naomi, e se abraça ao homem enquanto chora.

Mais tarde, após saírem do estádio, Al dirige sua van por uma estrada e Strand questiona o motivo pelo qual Madison nunca contou sobre a jornalista, e Al fala que provavelmente a ex-conselheira não teve orgulho de contar o encontro inusitado das duas. A jornalista também pergunta se poderia saber o que aconteceu com Madison, e Alicia pede para que ela pare o veículo para lhe contar o resto da história de sua mãe. Enquanto todos montavam uma fogueira, John agradece a Naomi por ela ter o salvado, e ela acaba revelando seu verdadeiro nome: June. Ele fica impressionado e diz que gostou de seu nome. Em volta da fogueira, o grupo de Alicia decide contar como foi o desfecho da história da queda do estádio, onde a jovem Clark diz que após Ennis levar vários zumbis para o Dell Diamond, ela e Nick ficaram presos junto com Melvin no estacionamento em frente ao estádio rodeados de caminhantes. Strand diz que ele, Madison e Luciana saíram do posto de vigia e mataram vários mortos-vivos para abrir caminho para que Alicia e os outros entrassem no Dell Diamond; o homem também fala que Cole e os outros sobreviventes do estádio pegaram alguns carros e decidiram fugir quando a situação saiu do controle. Alicia continua dizendo que Melvin saiu do carro que estava com ela e seu irmão e fugiu em outro; Charlie por sua vez, conta que Melvin a encontrou fugindo de alguns zumbis e a resgatou.

June conta que tentou fugir com os moradores do estádio, mas decidiu voltar para o Dell Diamond em busca de suprimentos e foi cercada por vários mortos-vivos. Ela revela que viu todos os moradores serem pegos pelos zumbis e felizmente conseguiu fugir da invasão onde eventualmente foi encontrada pelos Abutres, e sem opções, decidiu se juntar a eles para sobreviver. Alicia continua dizendo que ela e seu irmão continuavam cercados por vários zumbis, já Strand e Luciana mencionam que lutavam bravamente para abrir um caminho em busca de fuga. Vendo seu grupo indefeso, Madison decidiu atrair os zumbis que cercavam seus filhos para dentro do estádio, e a jovem Clark diz que tentou ir atrás de sua mãe mas Strand a impediu. O homem também acabou tento a mão queimada ao segurar um andarilho em chamas. Strand fala que Madison levou uma manada de zumbis para dentro do estádio e depois seguiu os tuneis de saída de emergência para fugir, mas ainda havia muitos mortos-vivos no lado de fora evitando sua fuga. Madison então trancou o portão pelo lado de dentro para que os caminhantes não entrassem ou saíssem do estádio e decide se sacrificar para poupar seu grupo. Ela pegou o walkie-talkie e falou suas últimas palavras: "Eu tinha medo de perder esse lugar, por que eu achava que vocês precisavam dele. Para que vocês continuassem a ser quem são agora. Mas agora quero que saibam... Ninguém se vai antes que se vá." A mulher então jaga o sinalizador na grama do estádio onde chamas são formadas iniciando um incêndio, queimando tanto os caminhantes cobertos de petróleo como ele mesma. Madison morreu em um gesto heroico para salvar Alicia, Strand, Luciana e Nick que fugiram do estacionamento abalados com a trágica perda. Por fim, ao encerrarem a história, Althea desliga sua câmera e salva a fita com o nome "Madison". Strand então começa a servir sopa para o grupo e todos se aquecem ao redor da fogueira durante a noite fria.


Outros do Elenco

Também Estrelando

Elenco Recorrente

Co-Estrelando

Elenco de Apoio

  • Kenneth Wayne Bradley como Douglas*
  • Tommy G. Kendrick como Slim*
  • Nasir Villanueva como Ryan*
  • Soleil Patterson como Molly*

(*) Flashback

Imagens Promocionais

Curiosidades

  • O título do episódio é uma referência às palavras finais de Madison: "Ninguém se vai até que ele se vá".
  • Este episódio marca a saída de Kim Dickens (Madison Clark) do elenco regular da série, tendo sido parte dela desde o episódio piloto.
    • Com a saída de Dickens, Alycia Debnam-Carey é agora a única atriz que apareceu no primeiro episódio e ainda continua na série.
  • Com a morte de Madison, Alicia é o único membro vivo da família Clark, desde a primeira temporada.
    • Com o fim de Madison, Alicia se torna a protagonista da série.
    • Além disso, ela, Victor Strand e Daniel Salazar são os únicos personagens restantes da primeira temporada.
  • Este episódio marca a morte do personagem de Sebastian Sozzi ( Cole) e sua saída da série ter sido parte do elenco recorrente do episódio "Another Day in the Diamond" desta temporada.
  • Última aparição de Frank Dillane como Nicholas Clark na série. (Flashback)
  • Última aparição de Kevin Zegers como Melvin na série. (Flashback)
  • Última aparição de Evan Gamble como Ennis na série. (Flashback)
  • Última aparição de Rhoda Griffis como Vivian na série. (Flashback)
  • Última aparição de Kenneth Wayne Bradley como Douglas na série. (Flashback)
  • Última aparição do Dell Diamond Baseball Stadium.
  • De acordo com o seu testemunho, Kim Dickens foi informado pelos novos produtores Andrew Chambliss e Ian Goldberg a partir do início da quarta temporada que Madison que iria morrer em episódios seguintes, especificamente no final da primeira metade da temporada. [1]
  • A última cena filmada por Kim Dickens na série foi a primeira deste episódio, entre sua personagem e a de Maggie Grace (Althea) devido a uma mudança na agenda de produção por causa do mau tempo. [2]
  • É revelado que entre a destruição da represa Gonzalez e a fundação da comunidade do Dell Diamond Baseball Stadium, Madison conheceu Al e seu encontro inspirou Madison a formar a comunidade. Al nunca soube o nome de Madison nem Madison contou a seus filhos sobre Al por vergonha por seu comportamento durante a reunião.
  • A história completa da queda do Dell Diamond Baseball Stadium é revelada com a história sendo rotulada "Madison" por Al. Os destinos dos moradores da comunidade e Madison são revelados junto com a forma como o grupo de Alicia sobreviveu.
  • Naomi é revelado para ser mais um pseudônimo. Ela diz a John Dorie que seu nome real é na verdade June.
  • Morgan faz referência a eventos de "What's Your Story?" com Rick Grimes sendo o homem dizendo que ele iria encontrar pessoas de novo, não importa o quanto ele tentasse se isolar.
  • Madison diz a Althea que ela se separou de seu grupo em um Big Spot. Esta é a mesma loja que foi mostrada em "30 Days Without An Accident" da Série de TV Original.
    • Isso também significa que a Big Spot é uma cadeia de lojas que vai desde, pelo menos, a costa sudeste até o meio-oeste dos Estados Unidos da América.

Erros

  • Apesar do fato de que a caravana tenha sido invadida e destruída quando Madison leva o rebanho para o estádio, as pessoas que estão nos fundos de um dos caminhões na caravana estão claramente visíveis e vivas quando Madison conduz o rebanho para longe.

Referências

  1. Fonte: [1]
  2. Fonte: EW.com.
Episódios da série Fear the Walking Dead
1ª Temporada "Pilot" • "So Close, Yet So Far" • "The Dog" • "Not Fade Away" • "Cobalt" • "The Good Man"
2ª Temporada "Monster" • "We All Fall Down" • "Ouroboros" • "Blood In The Streets" • "Captive" • "Sicut Cervus" • "Shiva" • "Grotesque" • "Los Muertos" • "Do Not Disturb" • "Pablo & Jessica" • "Pillar of Salt" • "Date of Death" • "Wrath" • "North"
3ª Temporada "Eye of the Beholder" • "The New Frontier" • "TEOTWAWKI" • "100" • "Burning in Water, Drowning in Flame" • "Red Dirt" • "The Unveiling" • "Children of Wrath" • "Minotaur" • "The Diviner" • "La Serpiente" • "Brother's Keeper" • "This Land Is Your Land" • "El Matadero" • "Things Bad Begun" • "Sleigh Ride"
4ª Temporada "What's Your Story?" • "Another Day in the Diamond" • "Good Out Here" • "Buried" • "Laura" • "Just in Case" • "The Wrong Side of Where You Are Now" • "No One's Gone" • "People Like Us" • "Close Your Eyes" • "The Code" • "Weak" • "Blackjack" • "MM 54" • "I Lose People..." • "... I Lose Myself"
5ª Temporada

"Here to Help" • "The Hurt That Will Happen" • "Humbug's Gulch" • "Skidmark" • "The End of Everything" • "The Little Prince" • "Still Standing" • "Is Anybody Out There?" • "Channel 4" • "210 Words Per Minute" • "You're Still Here" • "Ner Tamid" • "Leave What You Don't" • "Today and Tomorrow" • "Channel 5" • "End of the Line"

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.